Quer ter uma startup? Conheça os 4 principais investimentos iniciais

O conceito de startup tem ganhado destaque no mercado econômico brasileiro. Em linhas gerais, elas são empresas embrionárias estabelecidas a partir de ideias inovadoras e, no entanto, contam com um orçamento inicial bastante limitado. Por essa razão, é muito importante identificar os principais investimentos iniciais realizados para a criação de uma startup.

unnamed

Para obter maiores chances de sucesso, principalmente em razão de seu orçamento inicial apertado, essas empresas precisam otimizar suas atividades, enxugar recursos produtivos e evitar despesas desnecessárias. Mas quais seriam as despesas essenciais?

O MVP — Minimum Viable Product

O conceito de Minimum Viable Product ou Produto Viável Mínimo (em português) diz respeito às versões mais simples de um produto, normalmente em sua fase inicial de desenvolvimento. Seu objetivo é o lançamento a partir de uma quantidade mínima de esforço e no menor tempo possível para que o produto (ou serviço) entre logo no mercado.

Sua utilidade está relacionada ao processo de aprendizagem da empresa startup, testando hipóteses fundamentais para a atividade-fim do negócio. Os consumidores desse produto normalmente são mais condescendentes a respeito de eventuais falhas, bem como estão mais propensos a dar um retorno sobre os aspectos que necessitam de melhora. Ainda assim, o MVP precisa de um investimento inicial, que talvez seja o mais importante da startup justamente porque representa o principal produto da empresa.

Capital inicial para a estrutura básica da startup

Quais serão as necessidades básicas para os trabalhos de sua startup? Responder essa pergunta é essencial para identificar os gastos com estrutura física da empresa. Se o foco é, por exemplo, em design e desenvolvimento de softwares, a empresa necessitará de uma estrutura pequena, porém com computadores e rede altamente capazes. Se o foco da empresa for a produção de determinados produtos é preciso um espaço de trabalho que leve em consideração as necessidades de estoque, de linhas de montagem e produção, bem como de armazenamento de matéria-prima. Em ambos os casos recomenda-se a elaboração de espaços para a recepção e prospecção de clientes — que são essenciais para alavancar os negócios iniciais.

Contratação do time

Outro aspecto muito importante para o sucesso de uma startup é o time de funcionários. Por ser um tipo de empresa altamente baseado na inovação e na diferenciação mercadológica, as startups precisam de profissionais com um perfil bastante específico: visionários, comprometidos, colaboradores, eficientes, capazes e engajados. Por isso, é importante oferecer salários competitivos e benefícios que os atraiam para sua empresa.

Marketing e promoção da marca

Existem várias estratégias de marketing, mas todas elas demandam um grau mínimo de investimento por mais simples que seja. Por exemplo, se sua startup prefere focar na publicidade em redes sociais e outros sites da internet é necessário, no mínimo, ter bons gestores de marketing trabalhando para você. Essas atividades também podem ser terceirizadas.

Independentemente da estratégia de promoção de sua marca entre os potenciais clientes é preciso investir nesse setor, pois seus clientes precisam conhecer sua empresa para começarem a fazer negócios com você!

E então, ficou com alguma dúvida nos investimentos iniciais necessários para a criação de uma startup? Está pronto para vencê-los em sua startup? Compartilhe suas experiências conosco, deixando um comentário!

21